Semana Santa
de Braga
©Semana Santa Braga. Todos os direitos reservados.

Resenha histórica


Cidade dos arcebispos e Roma portuguesa

Com mais de 2000 anos de história, Braga é a mais antiga cidade portuguesa e uma das cidades cristãs mais antigas do mundo.

 

Fundada pelos romanos no ano 16 a.C. e denominada de “Bracara Augusta” em honra do imperador César Augusto. Foi capital da Galécia, de onde irradiavam 5 Vias Romanas, com um vasto território que ía desde o norte do Douro até ao Cantábrico. Após conquistas e reconquistas de vários povos, o rei de Leão, D. Afonso IV, doou-a como dote a sua filha D. Teresa, aquando do seu casamento com o Conde D. Henrique de Borgonha.

 

A longa história de Braga é visível nos seus monumentos e igrejas, sendo a Catedral a mais imponente, e que exibe vários estilos, do romano ao barroco, orgulhando-se também das esplêndidas casas, particularmente do século XVIII.

 

Cidade jovem, cosmopolita e multicolor, Braga exibe com confiança um amplo leque de cenários de sucesso e prosperidade, estendendo os seus braços tutelares e empreendedores a áreas tão vitais como a cultura, o comércio, a indústria e os serviços.

 

Quem nos visita tem a possibilidade de fazer um percurso civilizacional documentado, desde a Pré-História até aos nossos dias, e viver a autêntica cultura do Minho, gravada no vasto património, nos grupos etnográficos e no artesanato, nas festas, feiras e romarias, bem assim como numa gastronomia rica e variada.

 

A Semana Santa de Braga é um dos expoentes máximos de um vasto programa turístico-cultural, e que seduz e atrai quem visita a cidade de Braga, conhecida por vários merecedores epípetos, tais como "cidade dos arcebispos" e "Roma portuguesa", e onde o som perene dos sinos das suas inúmeras igrejas e capelas ecoa no coração de quem nos visita e provoca um sentimento nostálgico de saudade e vontade de regressar.